Devido à situação atual tão crítica na Ucrânia, a partir de Andamur querem contribuir e ajudar de todas as formas possíveis para melhorar a situação, e para que os bens de primeira necessidade cheguem ao seu destino o quanto antes.

É por isso que aderiram a várias iniciativas para cobrir o custo do combustível de cinco camiões com destino à fronteira entre a Polónia e a Ucrânia.

Por um lado, uniram-se à iniciativa da saída de dois camiões de solidariedade da Universidade de Múrcia (UMU).

Um projeto iniciado por estudantes ucranianos da UMU para levar até à fronteira entre a Polónia e a Ucrânia 24.000 quilos de material de solidariedade em cada camião para a população ucraniana. Os camiões contam com roupas, cobertores, produtos para bebés, alimentos não perecíveis e material sanitário doado por estudantes e trabalhadores da UMU.

Por outro lado, juntamente com o Banco Alimentar de Segura e a Associação de Ucranianos da Região de Múrcia, participaram na iniciativa de enviar outros dois camiões para a fronteira da Polónia com a Ucrânia com cerca de 20.000 a 25.000 quilos de alimentos e bens de primeira necessidade em cada camião.

Finalmente, o quinto camião de solidariedade partiu graças a uma iniciativa da Câmara de Comércio de Lorca, à qual muitos cidadãos, empresas e organizações da região se juntaram com várias contribuições para assegurar que este comboio de solidariedade chegue àqueles que mais precisam dele.

 

Em Andamur colocaram em marcha este tipo de iniciativas que estão integradas no respetivo plano de RSE #CuidamosDoQueImporta, no eixo Liderança e Futuro que inclui o Compromisso Social. Neste plano, trabalhamos em ações específicas ao longo do ano e em situações excecionais como a pandemia pela Covid-19 e agora com a grave situação que vive a Ucrânia.