, ,

Assim é como deve desinfetar o interior do seu camião

O sector do transporte é um dos mais expostos e necessários durante esta crise, e a higiene e a desinfeção são vitais para a segurança do condutor.

Em primeiro lugar, devemos conhecer a diferença entre limpeza e desinfeção, sendo ambas necessárias e complementares. A limpeza ajuda com a eliminação de germes, mas não significa a sua completa eliminação, sendo que se orienta mais à eliminação da sujidade visível. Por outro lado, o tipo de produtos empregues para a desinfeção, estes sim permitem eliminar qualquer tipo de fungo, gérmen ou vírus, mesmo que não se elimine necessariamente a sujidade visível.

Assim, na hora de desinfetar o camião não é suficiente limpá-lo como faz habitualmente mas sim, depois de realizar uma limpeza a fundo, deve efetuar uma boa desinfeção com produtos específicos (álcool, lixívia, produtos de limpeza especiais) com especial atenção ao volante, à alavanca de mudanças, às manetes interiores para abrir as portas, aos suportes para copos, aos cintos de segurança e aos controlos do volante, áudios e ecrãs. Estas são as partes do camião mais usadas e, portanto, as que mais quantidade de microrganismos podem conter.

Ainda, é preciso ter em conta que, na hora de limpar a sua cabina, irá encontrar diferentes superfícies e o mesmo produto não poderá ser utilizado em todas, se não quer acabar por danificá-las. Toalhas de microfibra, escovas, produtos de limpeza e desinfetantes são alguns dos materiais que são necessários para levar a cabo uma desinfeção com sucesso. Isso sim, sempre a usar a proteção necessária para não irritar a pele ou inalar substâncias químicas.

Para aprofundar mais, partilhamos este vídeo de Ammo NYC onde se mostra como realizar o processo de desinfeção do nosso veículo.